TIVE MEDO DE ACORDAR

 

Ansioso por ser teu

Ouvi a chave rodar

Meu corpo não se moveu

Tive medo de acordar.

 

Vi o teu olhar no meu

Ouvi tua voz falar

Dizendo, Amor, sou eu!

Tive medo de acordar.

 

[Refrão]

Vivendo assim a sonhar

Fui-me esquecendo de mim

Tive medo de acordar

Que o sonho chegasse ao fim!

 

Senti no meu o teu rosto

Senti teu cheiro no ar

Na boca senti teu gosto

Tive medo de acordar.

 

Nesse teu singular jeito

Senti o teu afagar

Senti teu corpo no leito

Tive medo de acordar.

 

[Refrão]

 

Letra: Dina Carapeto

Música: Jorge Semião

 

Aqui vos lançamos uma questão. Já alguma vez tiveram medo de acordar? Certamente já. O Amor e a Paixão têm dessas coisas. À noite, nos nossos sonhos, quando sentimos o ardor dos sentimentos… é lá que vivemos os nosso desejos, os nosso anseios… e com a manhã chega o medo de acordar, porque o sonho pode chegar ao fim!